ALONGAMENTO

View this post on Instagram

ALONGAMENTO O benefício das sessões de alongamento para a prevenção das lesões em práticas esportivas está bem demonstrado. Em 1994, o então médico da seleção da Suécia Dr. Jan Ekstrand publicou um artigo que mostrou que a inclusão da prática de alongamentos diminuiu a incidência de lesões musculares em jogadores de futebol profissionais. Hoje em dia a discussão está em torno do ALONGAMENTO ESTÁTICO versus ALONGAMENTO DINÂMICO. O alongamento estático ( como mostrado na foto acima ) baseia-se em segurar o membro numa  mesma posição fixa por volta de 30 segundos ou mais. Ele está mais relacionado ao relaxamento muscular e melhora do arco de movimento. Ele é muito bom para ser realizado APÓS as sessões de treino. No entanto, algumas pesquisas recentes sugerem que seu uso em excesso ANTES da prática esportiva, enquanto você ainda não está aquecido, pode aumentar a ocorrência de lesões! Nesse caso, o que se recomenda antes de iniciar a atividade física é o que chamamos de ALONGAMENTO DINÂMICO. Ele consiste numa espécie de "mini-treino" em que o atleta ativa os músculos que irá utilizar na medida em que os alonga. Por exemplo, para corredores se recomenda realizar movimentos circulares com o quadril (hip circles) ou chutes ao alto cruzados com a perna durante um trote, ou ainda o movimento contínuo calcanhar nos glúteos. #medicinadoesporte #medicinaesportiva #ortopedia #musculação #treino #saúde #crossfit #fitness Dr. Alberto De Carli – CRM: 144.591 Medicina & Ortopedia e Traumatologia do Esporte

A post shared by Dr. Alberto De Carli 🇧🇷 🇦🇹 (@dr.albertodecarli) on